CONVITE – Nova Práxis Editorial

Prezadas/os/es colegas, pesquisadores e profissionais que atuam ou têm interface com o campo educacional, estamos organizando uma coleção que tem como objetivo contribuir ao enfrentamento e superação dos principais desafios que se colocam na atualidade à gestão, aos trabalhadores de educação e às redes interinstitucionais de apoio à educação. A defesa de uma educação de qualidade, como mero acesso à escolarização já foi superada por um objetivo muito maior: torná-la um direito, um âmbito de aprendizagem social, para a vida, construído em uma ambiência saudável, inclusivista e protetiva. Sabemos, porém, que em muitas escolas, a experiência educacional não alcança esses termos ético-valorativos. Mas deveria. As situações gravíssimas que chegam pelo noticiário não podem nos anestesiar nem limitar a uma posição fatalista, de impotência. Diante disso, pensamos que essa coletânea, enquanto ferramenta de conhecimento, possa contribuir para a criação de cenários mais inclusivistas, democráticos e justos, ensejando o “ser” de todos que vivenciam a escola, estudantes, professores, funcionários, gestores e a ampla comunidade escolar. O desafio que lançamos, pretende contar com textos responsáveis, críticos e compromissados com um projeto educacional que sirva a sociedade, numa cultura de paz e respeito à diversidade. A agenda tem interface com as ciências humanas e ciências sociais, sendo abertamente interdisciplinar. A Coleção intitulada “Educação, direitos e formação social na rota da escola será abrigada e editada pela NOVA PRÁXIS EDITORIAL, cuja matriz crítica e o compromisso com o conhecimento articulado às lutas sociais, já tem reconhecimento público.

OS ORGANIZADORES:

Sarita Amaro

Iniciou seu trajeto profissional como professora (normalista), tendo realizado Magistério no Ensino Médio e atuado como professora em séries iniciais antes da Graduação. Formou-se Assistente Social, em 1991. Mestre (1994) e Doutora em Serviço Social (2002) no Brasil e Pós-Doutora em Serviço Social na Educação (2013), em Portugal. Atuou por mais de vinte anos, na política de educação – em várias frentes, da execução à gestão, em agendas da inclusão educacional, prevenção da violência no ambiente escolar, atuação do Serviço Social nas escolas, assessoria à gestão, saúde escolar, desenvolvimento comunitário, formação pedagógica, entre outras. Nesse mesmo período foi docente em faculdades do sul, sudeste e nordeste e foi consultora do Ministério da Justiça em Brasília-DF, do Portal Scielo, Ford Foundation, e do MEC, como avaliadora de cursos e instituições de ensino superior. É autora de mais de 50 obras por várias editoras, no Brasil e no exterior, sobre infância, Serviço Social na educação/escolas, direitos sociais e antirracismo, entre outros temas. Sistematizou o método Visita Domiciliar. É referência internacional e pioneira no Brasil em Serviço Social na Educação – tema de seu pós-doutoramento.

Leonardo Carvalho

Doutorando em Serviço Social pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP) – campus de Franca. Mestre em Sociedade e Desenvolvimento pelo Programa de Pós-graduação Interdisciplinar Sociedade e Desenvolvimento – PPGSeD/UNESPAR (2019). Especialista em Gestão Social: Políticas Públicas e Rede de Defesa de Direitos pela UNOPAR. Especialista em Educação Especial e Inclusiva pela UNIFCV. Licenciado em Pedagogia pela Universidade Estadual do Paraná – UNESPAR. Bacharel em Serviço Social pela Faculdade União de Campo Mourão – UNICAMPO. Bolsista Capes durante o mestrado (2017-2018). Dedica-se aos temas da formação universitária e das políticas públicas voltadas às infâncias e às juventudes. Atuou como Orientador Social no Centro da Juventude Itachir Tagliari de Campo Mourão/PR. Atuou como Assistente Social da equipe de Medidas Socioeducativas do CREAS de Cianorte/PR. Foi conselheiro municipal do CMDCA e CMAS de Cianorte/PR. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Políticas Públicas para a Infância e Adolescência (GEPPIA) da Unesp/Franca. Colaborador do Projeto de Pesquisa: Sistemas de Proteção e Garantia dos Direitos Humanos voltados à Infância e Juventude em Portugal, Angola, Moçambique e Brasil (2020/2022). Atua como docente no curso de Serviço Social da Unespar/Campus de Paranavaí/PR, bem como no curso de Especialização em Aprendizagem e Desenvolvimento nos anos iniciais da Educação Básica da Unespar/Campo Mourão.

A COLEÇÃO

Atentos aos desdobramentos temáticos dos desafios vivenciados no cotidiano educacional, os organizadores e a Nova Práxis Editorial apresentam uma coleção intitulada Educação, direitos e formação social na rota da escola, a qual constitui-se de quatro volumes, a saber:

  1. O papel social da escola
  2. Caminhos à prevenção da violência em ambientes escolares
  3. Lei 13.431/17 :desafios, experiências e boas práticas
  4. Lei 13.935/19 :desafios, experiências e boas práticas

Cada volume da coleção será impresso e receberá um ISBN. A Editora fica responsável por tudo, desde a criação da capa até a revisão de português, diagramação e impressão e posterior difusão e comercialização em seus canais e parceiros, conferindo visibilidade da obra no cenário nacional.

COMPROMISSO ÉTICO E CONTEÚDO ESCRITO

 É necessário que todos os textos sejam originais, fundamentados cientificamente e não tenham sido submetidos a outras editoras ou periódicos. Imprescindível que o manuscrito esteja dentro dos parâmetros éticos-políticos da profissão de cada um dos autores/autoras, orientados pelo respeito aos Direitos Humanos, promoção da igualdade e combate a preconceitos e violações de direitos, de qualquer natureza. Textos que envolvam pesquisas realizadas com seres humanos precisam seguir as normativas descritas pelas Resoluções 466/2012 e 510/2016, preferencialmente que tenham tramitado nos comitês de ética respectivos a cada campo de conhecimento.

  AVALIAÇÃO DOS TRABALHOS

 Os artigos recebidos serão avaliados, de forma “cega” (*), por uma equipe indicada pela Editora, dedicada a essa atividade. A avaliação considerará a adequação do texto as normas do presente edital (seja de formatação, seja éticas), bem como a construção textual (observando a organização, coerência interna e sequência lógica da reflexão desenvolvida), incluindo uma atenção especial ao conteúdo em si. A saber: consistência teórica, visão atualizada e crítica sobre o tema e contribuição ao debate proposto no volume.

AVALIAÇÃO CEGA – segundo email

O nome do autor e seu currículo deverão ser indicados em email à parte. Informar o mesmo nome do artigo para identificação, acrescido de  mini currículo do autor (junto ao seu nome) com no máximo 5 linhas e e-mail de contato.

 FORMATAÇÃO E REVISÃO

No máximo 3 autores/autoras por texto.

– Cada autor pode escrever um artigo em cada volume da coletânea, PORÉM como cada livro recebe um ISBN e soma como uma publicação, a cada artigo publicado deverá corresponder um pagamento, dentro das especificações deste edital (ver item: investimento e valores)

-Número de páginas do texto: 12 (mínimo) a 18 (máximo) páginas, incluindo as referências.

– A escrita, formatação e citação devem obedecer às regras da ABNT, a saber:

Fonte ARIAL 12 (corpo de texto), 10 (citações e rodapé) e 14 (título). Texto em Word, mínimo 12pág e máximo 18pág. (incluindo referências). Título com máximo de 8 palavras, seguido na linha abaixo (alinhada à direita).

Abaixo do título – justificado E espaço interlinear simples, fonte arial 10 – incluir RESUMO de Max. 10 linhas e na linha abaixo PALAVRAS- CHAVE, de 3 a  5.

-Atenção:  Importante NÃO informar nome do autor no texto.

– A revisão de português está inclusa no investimento, mas os autores precisam atender às alterações e ajustes solicitados, em tempo hábil.

PRAZOS IMPORTANTES

Até o dia 19/09/22 enviar o artigo para o e-mail: novapraxiseditorial.livros@gmail.com

– Lembrando que devem ser enviados 2 emails sendo 1 com o artigo sem nome do autor e,  outro, com os dados do título, autor e currículo.

Dia 28/09/22 – divulgação dos artigos aprovados

De 28/09 a 5/10/22 – pagamento da publicação

Previsão de publicação e lançamento da coleção em dezembro de 2022.

– Todos os autores são convidados para a Live de lançamento, promovida pela editora.

 INVESTIMENTO (acerto até 05/10/22)

Conforme vem ocorrendo em relação à publicação no Brasil e no cenário internacional, para publicar tem sido necessário que os autores arquem financeiramente com o valor da publicação. Cada autor que tiver o trabalho aprovado e desejar participar da publicação deverá se comprometer a enviar o capítulo, cumprir os prazos, acertar os valores e responder às exigências de ajustes para ter seu capítulo publicado. O valor será investido para custear a editoração, impressão, publicidade e envio de exemplares (correio) aos autores do livro (volume em que escrevem o artigo).

VALORES:

Para participar CADA AUTOR POR ARTIGO precisa pagar os valores, conforme segue:

1 autor (escreve sozinho): R$500,00

2 autores (escrevem em par): R$450,00 para cada autor

3 autores (escrevem em trio): R$ 399,00 para cada autor

Formas de pagamento:

– PIX com 10% off – Chave/ e-mail: novapraxiseditorial.livros@gmail.com

–  Ou até 3x no cartão de crédito 

–  Boleto ou depósito à vista

IINFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

 – Cada autor ganha em seu endereço com frete grátis 2 exemplares do volume da coleção em que consta seu texto

– Caso o autor deseje adquirir mais exemplares ou outros dos volumes da coleção pode solicitar a qualquer tempo – com 35% de desconto. Porém, se pedir junto ao envio de seus livros de direito, poderá economizar no frete, como uma cortesia da editora. Pedidos realizados após a remessa dos livros de direito, deverão pagar o frete.

*PARTICIPAR IMPLICA CIÊNCIA DAS REGRAS ACIMA.

Não vá embora... você é muito importante para nós!

CADASTRE-SE:

Benefícios Exclusivos:

Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes do nosso site você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos.