A materialização do pensamento crítico na produção de documentos técnicos...

SKU: 6caa57b560b5 Categoria:

R$45,00

A questão da instrumentalidade é central no Serviço Social e alinhada a ela, também é, a produção documental da profissão. Em tese na base da formação, a graduação, se deveria reunir conhecimento para potenciar a atuação profissional.E, dado que a produção de documentos profissionais é inerente ao trabalho profissional, deveriam estar seguros do que escrever e principalmente do como escrever. Mas não é isso que acontece. Blogs e cursos rápidos sobre relatórios e produção documental, se avolumam por que há uma necessidade não atendida desse conteúdo na graduação. Mas as exigências não param de chegar. A presente obra diferente de tudo o que você já viu e leu, dá conta dessa lacuna. As três organizadoras, montaram um time de profissionais, convidados por sua expertise, para responder por conteúdos que são essenciais mas cujas perguntas nem sempre chegam a ser feitas, dado o pragmatismo em que estão comprimidos os assistentes sociais. Qual a relação entre o pensamento crítico e a produção documental do serviço social? Como posso orientar minha produção nessa perspectiva, alinhando-a à dialética-marxista? Além do agir crítico posso compor meus textos, análises e discursos com esse mesmo direcionamento? Mas com base em quê? Quais as consequências quando não consigo compor um relatório ou parecer guiado pela dialética e a práxis? Essas e outras perguntas inéditas são respondidas por meio de reflexões profundas, orientações substanciais e detalhamentos técnicos de formulários, relatórios, laudos e outros documentos solicitados aos assistentes sociais nas principais políticas sociais e agendas institucionais. Entre os convidados que escrevem na obra estão Hellington Couto, Victor Neves, Mauro Iasi, Ranieri Carli, Sarita Amaro, Thais Berberian, Reinaldo Nobre Pontes, Simone Sobral Sampaio e Robson de Oliveira.

Simulação de frete


Share on facebook
Share on pinterest
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
Loading...

Descrição

A questão da instrumentalidade é central no Serviço Social e alinhada a ela, também é, a produção documental da profissão. Em tese na base da formação, a graduação, se deveria reunir conhecimento para potenciar a atuação profissional.E, dado que a produção de documentos profissionais é inerente ao trabalho profissional, deveriam estar seguros do que escrever e principalmente do como escrever. Mas não é isso que acontece. Blogs e cursos rápidos sobre relatórios e produção documental, se avolumam por que há uma necessidade não atendida desse conteúdo na graduação. Mas as exigências não param de chegar. A presente obra diferente de tudo o que você já viu e leu, dá conta dessa lacuna. As três organizadoras, montaram um time de profissionais, convidados por sua expertise, para responder por conteúdos que são essenciais mas cujas perguntas nem sempre chegam a ser feitas, dado o pragmatismo em que estão comprimidos os assistentes sociais. Qual a relação entre o pensamento crítico e a produção documental do serviço social? Como posso orientar minha produção nessa perspectiva, alinhando-a à dialética-marxista? Além do agir crítico posso compor meus textos, análises e discursos com esse mesmo direcionamento? Mas com base em quê? Quais as consequências quando não consigo compor um relatório ou parecer guiado pela dialética e a práxis? Essas e outras perguntas inéditas são respondidas por meio de reflexões profundas, orientações substanciais e detalhamentos técnicos de formulários, relatórios, laudos e outros documentos solicitados aos assistentes sociais nas principais políticas sociais e agendas institucionais. Entre os convidados que escrevem na obra estão Hellington Couto, Victor Neves, Mauro Iasi, Ranieri Carli, Sarita Amaro, Thais Berberian, Reinaldo Nobre Pontes, Simone Sobral Sampaio e Robson de Oliveira.

Informação adicional

Ano

Autor

Edição

1ª Edição

Editora

Nova Práxis Editorial

Páginas

212

ISBN

978-65-86102-57-4

Nós usamos cookies - os cookies nos informam quais partes do nosso site você visitou, nos ajudam a medir a eficácia dos anúncios e pesquisas na web, bem como nos fornecem informações sobre o comportamento do usuário, para que possamos melhorar nossas comunicações e produtos.